Como mudar de MEI para ME

Como mudar de MEI para ME

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Sua empresa cresceu? Que ótimo!

Esse momento é o sonho de muitos empresários que atuam com um registro de MEI (microempreendedor individual)mudar para a categoria de ME (microempresa).

Assim, todo o MEI que cresce e alavanca seu faturamento deve expandir os horizontes e mudar para microempresa.

Entretanto, a transformação de MEI para ME geram muitas dúvidas entre vários empreendedores.

E você? Sabe como mudar de MEI para ME?

Fique tranquilo(a); aqui neste artigo vamos te ajudar a avaliar se é o momento certo de você fazer esse desenquadramento  e como mudar.

Confira!

ME e MEI – quais as principais diferenças?

Essas duas categorias de formalização de empresa tem diferenças já no regime tributário.

Enquanto que para uma você pode escolher entre o Lucro Presumido, Lucro Real e o Simples Nacional, para outra é obrigatório o encaixe no Simples Nacional.

Além disso, existem outras diferenças relevantes entre ME e MEI:

  • ME – permite um faturamento anual de até R$ 360 mil, pode ter diversos empregados, pode optar por um dos três regimes tributários citados acima e exige a contratação de um contador.
  • MEI – empreendedor atua por conta própria como pessoa jurídica, faturamento máximo anual é de até R$ 81 mil, é permitido ter no máximo um funcionário, possui carga tributária reduzida, recolhimento feito através do DAS e tem custo reduzido ao contratar um contador para fazer a gestão contábil.

Entendeu?

Razão para mudar de MEI para ME

Sempre que sua empresa estourar o limite de faturamento é obrigatório fazer a mudança de MEI para ME.

A partir de então, é preciso que solicite um novo enquadramento; e todo esse processo leva em conta a receita obtida.

Outros motivos para desenquadramento podem ser:

  • Quando o MEI faz alteração de sua natureza jurídica para empreendedor individual (EI), abre uma filial ou inclui uma atividade econômica não permitida, ou seja, é um desenquadramento automático.
  • Caso você deseje a qualquer momento fazer isso, o que passa a ter efeito a partir do mês de janeiro seguinte.

Vale ressaltar que se você enquanto MEI descumprir algumas das regras para mudar para MEI, vai acontecer o desenquadramento automático podendo ser acompanhado pela Receita Federal.

Então se você já percebe um crescimento ou alteração no seu modelo de negócio, a melhor alternativa é formalizar essa mudança fazendo a alteração de MEI para ME.

Como mudar de MEI para ME?

O processo para alterar MEI para ME é parecido com aquele de quando você abriu seu cadastro de microempreendedor individual.

  • A solicitação para tal deve ser realizada no Portal do Simples Nacional, seja qual for o motivo do desenquadramento.
  • Você tem que gerar um código de acesso, de acordo com as instruções mostradas, para depois selecionar a data e o motivo da ocorrência,

Lembrando que se for desenquadramento automático você não precisa fazer nenhuma ação, bastando somente confirmar o processo de alteração de MEI para ME pelo serviço consulta de optantes também disponibilizado no Portal do Simples Nacional.

E o que muda ao fazer a mudança de MEI para ME?

A mudança de MEI para ME é sinal de amadurecimento e crescimento da sua empresa e também de que você está se desenvolvendo como empresário.

Sendo assim, é natural que ao passar de fase surjam novos desafios.

Veja o que vai mudar no seu cotidiano empreendedor:

  • Toda transação precisa gerar uma nota fiscal eletrônica, vez que sua ME paga imposto sobre o que vende.
  • É possível continuar no Simples Nacional ou alterar para o regime de Lucro Presumido ou Lucro Real. Converse sobre isso com seu contador.
  • Como as exigências fiscais no ME são maiores, é fundamental que você tenha uma assessoria contábil para ajudar a definir os melhores caminhos em termos de contabilidade para sua empresa.

É muito importante você contar com essa assessoria, pois o contador vai te auxiliar no processo de migração de MEI para ME até a adaptação dos controles financeiros do seu negócio.

A visão estratégica desse profissional é essencial para te ajudar nesse momento.

Viu como mudar de MEI para ME?

Logo, depois que fizer essa alteração, você garante que sua empresa está regularizada perante o Fisco e evita multas e outros tipos de penalidades.

E se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco que será um grande prazer te ajudar!

Um forte abraço.

WhatsApp AM contabilidade Online

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Sem Título 1 - AM Contabilidade Online

Conheça as tabelas do Simples Nacional para 2022

Você sabia que nada menos do que 87% de todos os pequenos negócios do Brasil são optantes do Simples Nacional, segundo pesquisa do Sebrae? Essa esmagadora maioria escolheu esse regime de tributação simplificado por conta da facilidade que uma única

A EIRELI foi extinta. E agora?

Em vigor desde o dia 27 de agosto de 2021, a Lei 14.195/21 extingue, no Brasil, as Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI). A partir desta data, essa natureza jurídica está extinta no Brasil. Mas, e agora? E todas as

Foto Pro Artigo - AM Contabilidade Online

Comprar um carro no CNPJ vale a pena?

Uma das perguntas mais comuns que empreendedores de todo o país nos fazem é: comprar um carro no CNPJ vale a pena? Muitos empresários nos procuram para discutir esse assunto e saber como a compra de um automóvel pela pessoa

Recomendado só para você
Olá, tudo bem? Aqui é Anderson Maisse, da AM Contabilidade…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top