Utilize o Fator R a favor da sua empresa e reduza custos.

Tudo Aquilo De Que Voce Precisa Saber Sobre O Fator R Na Prestacao De Servicos Blog - AM Contabilidade Online

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Tudo de que você precisa saber sobre o Fator R na prestação de serviços

O cálculo do Fator R é uma excelente alternativa para reduzir custos com a tributação. Leia nosso artigo para saber mais.

Você sabe o que significa Fator R? Não? Então, você veio ao lugar certo!

Tenha em mente que esse conceito, previsto na legislação, poderá ajudar sua empresa a economizar muito!

Ele consiste em uma prerrogativa concedida a empresas optantes pelo Simples Nacional, e seu principal objetivo é facilitar a vida dos pequenos e médios prestadores de serviços.

Por meio dessa regra, empreendimentos enquadrados em determinadas condições têm obrigações tributárias reduzidas.

E se você possui uma prestadora de serviços e deseja saber se esse é o seu caso, fique com a gente até o final.

Neste artigo, falaremos tudo sobre o Fator R do Simples Nacional e como ele pode minimizar custos significativamente em sua empresa.

Confira!

O que é Fator R?

O Fator R é o cálculo efetuado para indicar em qual anexo do Simples Nacional uma determinada empresa estará enquadrada. As possibilidades são os anexos III e V.

Ele consiste em uma alíquota referente à relação entre dois indicadores: faturamento bruto no último ano e gastos referentes à folha de pagamento.

Esse indicador é representado em forma de percentual. A seu valor, estão atrelados os custos com pagamento de salários, demais encargos e Pró-Labore.

Basicamente, essa medida foi estabelecida pela Lei Complementar N°123 para auxiliar aqueles empresários que têm maiores gastos com manutenção de funcionários.

Assim, uma empresa que possua maiores gastos nesse sentido terá um Fator R maior. Em consequência disso, há uma diminuição na alíquota que incide sobre ela.

Quais atividades podem utilizar o cálculo do Fator R?

Antes de calcular o Fator R e usufruir de todos os seus benefícios, você deve verificar se as atividades exercidas em sua empresa estão incluídas no rol que tem direito a utilizá-lo.

Para isso, verifique a lista de prestadores de serviços abaixo:

  • Medicina (inclusive laboratorial);
  • fisioterapia;
  • enfermagem;
  • odontologia;
  • prótese dentária;
  • psicologia;
  • psicanálise;
  • terapia ocupacional;
  • fonoaudiologia;
  • próteses em geral;
  • acupuntura;
  • nutrição;
  • vacinação;
  • bancos de leite;
  • medicina veterinária;
  • podologia;
  • academias de dança, ioga, artes marciais e capoeira;
  • academias para prática de atividade física;
  • administração e locação de imóveis;
  • arquitetura e urbanismo;
  • engenharia, design e desenho;
  • agronomia;
  • cartografia, topografia e medição;
  • perícia, avaliação e leilão;
  • representação comercial e intermediação de negócios;
  • auditoria, economia, gestão, consultoria, organização, controle e administração;
  • planejamento, confecção e manutenção de páginas eletrônicas;
  • desenvolvimento de softwares e jogos eletrônicos;
  • comissária, tradução e interpretação;
  • montadoras de estandes para feiras;
  • despachantes;
  • agenciamento;
  • jornalismo e publicidade;
  • outros serviços de natureza técnica, intelectual, artística, cultural, científica ou desportiva, desde que não constantes dos anexos III ou IV da Lei Complementar nº 123/2006.

Quais as principais vantagens de utilizar o Fator R?

Como se pôde observar acima, a lista para enquadramento no Fator R é bastante extensa. Conheça, agora, algumas das principais vantagens de utilizar esse indicador:

  • Redução na carga tributária proporcional aos gastos com folha de pagamento;
  • possibilidade de maiores investimentos em outras áreas da empresa;
  • incentivo ao oferecimento de melhores condições remuneratórias para os colaboradores;
  • maior contratação de pessoal e impacto positivo no número de trabalhadores formais existentes no país;
  • consequente redução da taxa de desemprego nacional;
  • diminuição na burocracia;
  • otimização de processos;
  • melhora no fluxo de caixa;
  • maior controle da saúde financeira de sua prestadora de serviços.

Como calcular o Fator R para sua empresa?

O cálculo do Fator R não é uma tarefa simples. Na realidade, são consideradas variáveis um tanto quanto complexas.

Para efetuá-lo da maneira correta e evitar ao máximo o retrabalho, recomendamos fortemente a contratação de um escritório de contabilidade especializado.

Somente assim, você terá segurança nos números apresentados e saberá que, de fato, está usufruindo do que há de melhor na legislação.

Todavia, nossa missão aqui é informar. Por isso, vamos apresentar agora uma explicação sobre como realizar os cálculos referentes ao Fator R, dividida em etapas.

Acompanhe:

  1. Verifique qual foi o valor da receita bruta da sua empresa no período dos últimos 12 (doze) meses;
  2. Verifique qual foi o valor referente aos gastos com folha de pagamento, considerando todos os encargos existentes (inclusive Pró-Labore e FGTS);
  3. Utilize a fórmula “Fator R = massa salarial / receita bruta”;
  4. Após obtenção do valor, observe o seguinte:
  • massa salarial maior que zero e receita bruta igual a zero: Fator R igual a 0,28 (28%);
  • massa salarial igual a zero e receita bruta maior que zero: Fator R igual a 0,01 (1%);
  • massa salarial e receita bruta maiores do que zero: Fator R igual ao resultado da divisão.
  1. Verifique em qual dos anexos seu resultado se enquadra. Para isso, faça a seguinte análise:
  • Fator R maior ou igual a 0,28 (28%): enquadramento no Anexo III, cuja alíquota varia entre 6% e 33%, conforme o faturamento anual (ordem crescente);
  • Fator R menor do que 0,28 (28%): enquadramento no Anexo V, cuja alíquota varia entre 15,50% e 30,50%, conforme o faturamento anual (ordem crescente).

Conclusão

A jornada do empreendedor é repleta de desafios. Eles não dizem respeito somente ao trabalho ou ao esforço demandado, mas também aos custos despendidos.

Em meio a inúmeras despesas pagas pelas empresas diariamente, as obrigações com o fisco certamente representam uma grande fatia.

Considerando a crise que enfrentamos atualmente, a nível mundial, deve-se buscar todas as alternativas possíveis para economizar em qualquer área.

Dessa forma, a possibilidade de pagar menos impostos com o cálculo do Fator R é uma excelente opção para os prestadores de serviço.

Sabemos, contudo, que nem todos os empreendedores possuem tempo ou conhecimento suficientes para fazer esse tipo de análise.

Mas não se preocupe: deixe esse trabalho com a gente!

Nossa equipe de contadores altamente capacitados possui a experiência e o know how necessários para elaborar o melhor planejamento tributário para seu negócio.

Estamos sempre à disposição para tirar suas dúvidas e prestar apoio onde você estiver. Contate-nos agora mesmo e faça seu orçamento!

E aí, você já conhecia o Fator R? O que achou da possibilidade de aplicá-lo em sua prestadora de serviços?

Compartilhe este post com alguém que precisa dessa informação e não deixe de dar sua opinião, aqui nos comentários!

AM Contabilidade: de tributos, nós entendemos! 

Conte com o apoio de uma assessoria contábil especializada para calcular o Fator R em sua empresa. 

Nós, da AM Contabilidade, estamos preparados para ajudar na conformidade fiscal da sua empresa.

Fale com a gente, clicando no ícone do WhatsApp, e saiba mais!

Contratar um contador para realizar o cálculo do Fator R em minha empresa!

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Descubra Agora Mesmo O Que é E Qual O Cnae Para Design Gráfico Blog (1) - AM Contabilidade Online

O que é o CNAE para design gráfico?

Descubra agora mesmo o que é e qual o CNAE para design gráfico A Nomenclatura Comum da Atividade Economia (CNAE) é um sistema padrão para a classificação das atividades econômicas. É utilizada principalmente para organizar informações estatísticas sobre empresas, assim

Layout Artigos - AM Contabilidade Online

Como evitar que sua empresa quebre?

A realidade das novas empresas no Brasil não é nada convidativa. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nada menos do que seis em dez novas empresas encerram suas atividades antes mesmo de completar cinco anos

Descubra Tudo Sobre Contabilidade Para Design Grafico Blog - AM Contabilidade Online

Contabilidade para design gráfico: entenda como funciona

Saiba o que é uma contabilidade para design gráfico e por que é necessário contar com ela! Informações importantes que vão ajudar você a saber mais sobre o que é uma contabilidade para design gráfico  Contar com uma contabilidade para

Recomendado só para você
Muitos advogados de todo o país procuram a AM Contabilidade…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top