Como abrir uma empresa de comércio?

Pexels Sora Shimazaki 5668772 - AM Contabilidade Online

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Abrir uma empresa de comércio é o sonho de muitos empreendedores. Ter seu negócio próprio, não ter mais patrão, prosperar e trabalhar com vendas é o objetivo de muita gente, e esse enorme contingente de empreendedores só perde, no Brasil, para a quantidade de empresas prestadoras de serviços.

Especializada em contabilidade para empresas de comércio, a AM Contabilidade Online é muito consultada por empreendedores de todo o país que querem saber exatamente como abrir uma empresa de comércio. As dúvidas não se limitam ao processo de legalização, apenas, mas também ao seu funcionamento no dia a dia do negócio. Costumamos dizer que o empreendedorismo é um sacerdócio, um compromisso para o resto da vida, e a dedicação a uma empresa de comércio, especificamente, requer muito trabalho, estudo e comprometimento.

Mas, afinal, como abrir uma empresa de comércio? É o que respondemos a seguir. Leia este conteúdo até o fim e entenda tudo sobre o tema, mas se ainda assim tiver dúvidas, saiba que estamos aqui para lhe ajudar no que for preciso, combinado?

Os tipos de uma empresa de comércio

Uma empresa de comércio é um empreendimento que vende produtos industrializados ou artesanais para terceiros. É sempre bom pontuar que a empresa de comércio não produz estes produtos, apenas os comercializa. Ela os compra de alguém o os revende. Os três principais tipos de empresas de comércio são:

  • Comércio varejista: venda de pequenos volumes de mercadorias para o cliente final.
  • Comércio atacadista: venda de maiores volumes para outras empresas.
  • E-commerce: venda on-line pela internet.

A relevância do segmento comércio

Não há dúvidas que ter uma empresa de comércio pode ser um excelente negócio. Afinal, os números do setor são muito consistentes. Em 2018, por exemplo, de acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), o comércio varejista – apenas ele – foi responsável por 20,25% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Ainda segundo a mesma fonte, o setor movimentou nada menos do que R$ 1,34 trilhão entre 2017 e 2018.

A SBVC informa que o Brasil contabiliza mais de 4,8 milhões de comércios varejistas, sendo que a região sudeste é dona de 2,2 milhões nestes negócios, seguidas da região nordeste, com 1,1 milhão de empresas varejistas, e da região sul, com 800 mil empresas de comércio varejista. Fechando a conta, a região centro-oeste tem 400 mil comércios varejistas e a região norte 300 mil.

Apenas em 2018 o Brasil recebeu 500 mil novos comércios varejistas e até a metade de 2019 já eram mais de 400 mil novas lojas. Mas a pandemia atrapalhou esse movimento ascendente, no entanto trouxe novas oportunidades, com a proliferação em massa do delivery e, principalmente, da digitalização das empresas. O comércio está mais vivo do que nunca!

Antes de tudo, é preciso se planejar

O primeiro passo de como abrir uma empresa de comércio é legalizar o negócio, certo? Errado! Este é, definitivamente, o segundo passo. Não importa o segmento e o tamanho, todo empreendimento deve começar com a realização de um plano de negócios.

Um plano de negócios é um estudo profundo sobre a sua futura empresa. É como um GPS, que irá guiá-lo nesta empreitada, para que tudo dê certo. No plano de negócios você definirá tudo sobre a empresa de comércio, do nome aos produtos que venderá, passando pela precificação, pela definição de ações comerciais, pelo estudo da concorrência, pela definição do ponto de venda, da comunicação visual, dos investimentos a serem feitos, dos recursos humanos, do uniforme dos funcionários e muito mais.

A ideia é planejar tudo, para evitar erros que possam comprometer o próprio negócio.

Feito o plano de negócios, é hora de contratar um contador especializado

A exceção dos MEIs (microempreendedores individuais), toda empresa é obrigada, por lei, a contratar um contador ou um escritório contábil. Não há escolha quanto a isso, mas acredite: trata-se de um investimento, não um custo. A contabilidade moderna é proativa, trabalha pelo resultado, é gerencial e fundamental na hora da tomada de decisões mais assertivas. Ela joga a favor do time!

E esse trabalho diferenciado começa na legalização do empreendimento. É preciso definir uma série de questões fundamentais, como a natureza jurídica da empresa de comércio, o regime tributário e o pró-labore do dono. O contador também ajudará a produzir o contrato social, um documento superimportante, que funciona como uma verdadeira Constituição do negócio.

Como escolher um escritório contábil ideal para sua empresa?

Para começo de conversa, esqueça daquele namorado da sua sobrinha, do vizinho do quarto andar ou do amigo dos tempos de escola. Não é assim que se escolhe um contador. Você definitivamente precisa de uma contabilidade atuante, proativa e especializada em empresa de comércio, pois assim alcançará resultados ainda melhores.

O ideal é que você pesquise por escritórios de contabilidade especializados no seu segmento, e uma boa dica é pedir indicações para outros comerciantes. Tenha pelo menos três boas indicações, e se possível visite os três escritórios para fazer uma melhor escolha. Saiba qual infraestrutura eles oferecem, se contam com ferramentas tecnológicas atuais e como será o atendimento.

Uma dica muito importante é discutir o contrato de prestação. Você precisa saber exatamente qual será a função do escritório contábil, o que ele se propõe a fazer e o que está incluído na conta. Isso evita a surpresa de cobranças adicionais não previstas.

Uma empresa de comércio pode ser MEI

Sim. Embora essa natureza jurídica traga boas vantagens (e a principal é o pagamento de um imposto único que não passa de R$ 60,00 mensais), é muito limitada. O MEI só pode faturar até R$ 81 mil anuais e só pode contratar um funcionário, ainda assim ganhando um salário-mínimo. Isso definitivamente limita o crescimento do negócio. Mas você até pode começar como microempreendedor individual e, depois, transformar o empreendimento em uma microempresa, que pode faturar até R$ 360 mil anuais. Converse com o seu contador sobre isso.

O alvará de funcionamento, as licenças obrigatórias e a inscrição estadual

Você só poderá abrir as portas de sua loja após conseguir o alvará de funcionamento, as licenças obrigatórias e a inscrição estadual. O contador ficará responsável por esta burocracia. As principais licenças obrigatórias para uma empresa de comércio são:

  • Atestado de Vistoria para Funcionamento do Corpo de Bombeiros;
  • Licença Ambiental;
  • Licença Sanitária;
  • Registro de produtos químicos (negócios que atuam com produtos controlados pela Polícia Federal).

Empresas de comércio devem recolher o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) e Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI). Então, precisam ser registradas na Secretaria de Fazenda de seu Estado, onde obterão a sua inscrição estadual.

Quanto custa abrir uma empresa de comércio?

De acordo com um levantamento feito pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), o custo médio de abertura de uma empresa de comércio é de R$ 2.038,00, com variações que podem chegar a 274% deste valor. É impossível definir um valor, mesmo porque a cobrança das taxas não obedece um padrão. Para se ter uma ideia, tem municípios que oferecem o alvará de funcionamento gratuitamente e há aqueles que cobram até R$ 2 mil pelo documento.

Empresas de comércio que estão em alta

  • Produtos de limpeza;
  • Saúde;
  • Produtos para pets;
  • Material de construção civil;
  • Alimentação em geral;
  • E-commerce em geral.

Muita atenção com o ponto de venda

O ponto de venda é, na maior parte das vezes, o coração de uma empresa de comércio de sucesso. Ou seja, um bom ponto de venda não garante o sucesso (é preciso ter bons produtos, bons preços, bom atendimento e estoque), mas um ponto de venda ruim pode até inviabilizar o negócio.

Comércios que atuam basicamente por telefone e outros meios eletrônicos, como aplicativos, não dependem tanto do ponto de venda. Na área da alimentação, por exemplo, estão na moda as dark kitchens, cozinhas que dão suporte a comércios que trabalham apenas com delivery. Mas comércios que dependem do cliente presencial certamente precisam de uma loja bem localizada e chamativa, certo?

Estude esta questão com toda atenção e carinho, porque pode ser definitiva para o sucesso de sua empresa de comércio.

Muita atenção com o estoque também

Do que adianta estar super bem localizado, ter uma loja bonita e confortável e não ter produto para entregar ao cliente? O estoque deve ser muito bem controlado, porque da mesma forma que não pode faltar produto para o cliente comprar, o excesso também faz muito mal para as finanças da empresa.

Não se pode empatar uma grande soma de dinheiro em uma mercadoria que vá encalhar nas prateleiras de sua loja. Se isso acontecer, será preciso oferecê-las por um preço muito inferior, até mesmo ao valor de custo, e o prejuízo será certo.

Olhe para o seu estoque com muito rigor. Aprenda sobre ele! Faça contagens frequentes, atenção para os prazos de pagamento dos fornecedores e busque um equilíbrio entre o que você compra e o que você vende. Seu contador especializado poderá lhe ajudar nesta tarefa!

Você sabe o que é capital de giro?

Empresas de comércio dependem muito do capital de giro, e administrá-lo de uma forma rigorosa é muito importante para não ter problemas. O capital de giro é o dinheiro que você terá em caixa para girar o negócio, ou seja, comprar mercadorias e pagar as contas para abrir a loja todos os dias. Fornecedores dão prazos de pagamento mais longos, mas é preciso administrar isso com toda calma para não falta dinheiro.

Dicas para uma empresa de comércio alcançar o sucesso

  • Já se foi o tempo que o consumidor exigia apenas bom preço. Hoje, ele quer atendimento e comprometimento socioambiental. Quer parceria. Ofereça isso a ele.
  • Esteja sempre ligado na concorrência. Tente buscar diferenciais!
  • Promoções sempre atraem clientes e turbinam as vendas, mas pense-as com todo cuidado para não perder dinheiro.
  • Se você vende a prazo, esteja preparado para isso. Controle com rigor essas contas, e o contador vai lhe ajudar com isso.
  • Uma gestão financeira rigorosa é fundamental e ajuda nos resultados. Fale sobre isso também com o seu contador.
  • Invista em comunicação visual e marketing digital. Ocupe as redes sociais.

A AM Contabilidade Online tem expertise em contabilidade para empresas de comércio

Somos especializados em contabilidade para empresas de comércio, por isso podemos oferecer muito mais aos nossos clientes de todo o país. A AM Contabilidade Online conhece profundamente as dores e o dia a dia do segmento, bem como a legislação pertinente. Sabemos como abrir uma empresa de comércio e com a contabilidade pode se transformar em uma ferramenta voltada para os resultados.

Oferecemos nossos serviços por meio de uma plataforma digital própria, com agilidade, senso de urgência, comodidade, segurança e redução de custos. Mas nosso atendimento é todo humanizado, proativo e individualizado, por isso somos referência no mercado. Clique aqui agora e converse com um de nossos especialistas. Temos muito o que trocar!

 

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Sem Título 1 - AM Contabilidade Online

Conheça as tabelas do Simples Nacional para 2022

Você sabia que nada menos do que 87% de todos os pequenos negócios do Brasil são optantes do Simples Nacional, segundo pesquisa do Sebrae? Essa esmagadora maioria escolheu esse regime de tributação simplificado por conta da facilidade que uma única

A EIRELI foi extinta. E agora?

Em vigor desde o dia 27 de agosto de 2021, a Lei 14.195/21 extingue, no Brasil, as Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI). A partir desta data, essa natureza jurídica está extinta no Brasil. Mas, e agora? E todas as

Foto Pro Artigo - AM Contabilidade Online

Comprar um carro no CNPJ vale a pena?

Uma das perguntas mais comuns que empreendedores de todo o país nos fazem é: comprar um carro no CNPJ vale a pena? Muitos empresários nos procuram para discutir esse assunto e saber como a compra de um automóvel pela pessoa

Recomendado só para você
Tudo de que você precisa saber sobre o Fator R…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top