Novas regras trabalhistas, como aplicar?

como aplicar as novas regras trabalhistas

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Com a aprovação das novas leis trabalhistas, sempre ficam dúvidas de como aplicar, quais as atitudes a serem tomadas, o que fazer e o que não fazer!

As questões são tantas que chega a dar um verdadeiro “nó”, na cabeça de qualquer empresário, que fica inseguro em contratar ou efetuar qualquer mudança.

Para que isso não emperre na hora de contratar, demitir e até mesmo na correta aplicação das regras trabalhistas, o grande segredo é contar com uma empresa de contabilidade especializada para ajudar na implementação das novas Leis trabalhistas.

O que muda para o empregado?

As mudanças chegam a mais de 500, entre valores rescisórios, férias, jornada de trabalho, entre outras, o que é importante lembrar é que várias dessas mudanças podem ainda ser adaptadas se forem negociadas com o empregador.

Os acordos individuais e coletivos, visam beneficiar ambas as partes e devem ser anotados na carteira de trabalho, caso haja alguma mudança sobre a Lei vigente.

Alguns aspectos que valem ser ressaltados na mudança para os empregados são:

  • Os acordos na hora da demissão antes tidos como ilegais, agora fazem parte da nova legislação e garantem 80% do fundo de garantia ao trabalhador e 20% da multa rescisória, deixando de fora apenas o seguro desemprego.
  • A homologação não precisará mais ser feita em sindicato, agilizando o processo entre empresa e empregador.
  • As férias também não precisarão ser corridas de 30 dias, há a opção de ser dividida.

Porém esse é só um mínimo dentro das centenas de mudanças aprovadas na reforma trabalhista, que engloba ainda contratos de trabalho, empregados terceirizados, home office, autônomos, jornadas entre o expediente, jornadas de 12 por 36 horas, além de aspectos jurídicos e monetários – que somente um contador especializado pode ajudar e informar melhor!

O que muda para o empregador?

Para aplicar essa infinidade de mudanças, a dica é procure uma empresa de contabilidade, afinal de contas, os detalhes são tantos e alguns bem complexos que qualquer passo em falso pode levar o empresário a se atrapalhar e causar grandes dores de cabeça.

Contudo, dê uma olhadinha em algumas mudanças que podem beneficiar ou garantir a segurança do empregador:

  • A empresa pode optar por jornadas menores e salários menores, nas novas contratações.
  • As terceirizações, contrato home office, autônomos, acaba diminuindo o custo das empresas que tendem a repassar isso em valores e se tornarem mais competitivas no mercado.

 

LEIA TAMBÉM:

Quanto custa a aquisição e treinamento de um colaborador?

Como contratar o colaborador ideal

Rescisão Trabalhista, onde homologar?

O que pode ser mudado em acordos coletivos e individuais?

Algumas leis da nova legislação trabalhista podem ser negociadas tanto em acordos coletivos, quanto em individual, conheça alguns:

 

  • Jornada de trabalho.
  • Intervalos.
  • Banco de horas.
  • Planos de salários e cargos.
  • Um representante dos colaboradores no local.
  • Trabalho intermitente.
  • Remuneração por produtividade.
  • Feriados.
  • Enquadramento insalubridade.
  • Prêmios de incentivo.
  • Participação nos lucros.

 

Outros aspectos são invariáveis e não podem ser mudados nem com os acordos, alguns deles são:

 

  • Salário mínimo.
  • Direito ao seguro desemprego.
  • Adicional noturno.
  • Repouso semanal remunerado.
  • Normas de saúde e segurança do trabalho.
  • Aviso prévio proporcional.
  • Férias anuais.
  • Licença maternidade

 

Entre outros.

Perceba que as mudanças são inúmeras, algumas um pouco mais discretas e outras impactantes, o grande segredo para implementar todas as necessidades da nova legislação trabalhista é não se precipitar e entender de A à Z todas as particularidades das leis.

Para isso o ideal é contar com auxílio especializado que consiga atender todo o processo do seu empreendimento e conduzir com segurança as mudanças necessárias, sempre de maneira tranquila e que não impacte as finanças e a qualidade do trabalho desempenhado pelos colaboradores.

Por isso procure-nos, pois somos uma empresa de contabilidade e estamos pautados no progresso de sua empresa e nas conformidades das Leis.

 

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Sem Título 1 - AM Contabilidade Online

Conheça as tabelas do Simples Nacional para 2022

Você sabia que nada menos do que 87% de todos os pequenos negócios do Brasil são optantes do Simples Nacional, segundo pesquisa do Sebrae? Essa esmagadora maioria escolheu esse regime de tributação simplificado por conta da facilidade que uma única

A EIRELI foi extinta. E agora?

Em vigor desde o dia 27 de agosto de 2021, a Lei 14.195/21 extingue, no Brasil, as Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI). A partir desta data, essa natureza jurídica está extinta no Brasil. Mas, e agora? E todas as

Foto Pro Artigo - AM Contabilidade Online

Comprar um carro no CNPJ vale a pena?

Uma das perguntas mais comuns que empreendedores de todo o país nos fazem é: comprar um carro no CNPJ vale a pena? Muitos empresários nos procuram para discutir esse assunto e saber como a compra de um automóvel pela pessoa

Recomendado só para você
É hora de planejar e entender as necessidades para alcançar…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top