Posso baixar uma empresa inativa com débitos e ausência de declarações?

Layout Artigos - AM Contabilidade Online

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Você sabia que no Brasil seis em dez empresas fecham as suas portas antes mesmo de completar quatro anos de atividades, segundo estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)? São vários os motivos que explicam esta triste estatística, e entre eles está a desorganização contábil, que gera multas, penalidades e, muitas vezes, até o cancelamento do CNPJ em questão.

Mal assessorados ou por falta de informação, muitos empreendedores acham que basta não ter movimento algum para a empresa ser extinta. Que tal condição a desobriga de obrigações e impostos. Ledo engano. Muitos empresários procuram a AM Contabilidade Online, por exemplo, para perguntar: posso baixar uma empresa inativa com débitos e ausência de declarações?

É sobre isto que vamos falar agora. Nos acompanhe até o final deste conteúdo e saiba tudo sobre empresa inativa. E se você tiver alguma dúvida, mesmo ao final desta leitura, sem problemas: estamos aqui para apoiá-lo. Basta nos contactar, combinado?

O que é uma empresa inativa?

Antes de tudo, é preciso compreender exatamente o que é uma empresa inativa. E sua diferença para uma empresa baixada. Esta diferença é fundamental, pois o empreendedor tem algumas obrigações burocráticas a cumprir, e não fazê-lo pode trazer problemas.

De acordo com o Serasa, “a empresa que tem sua inscrição no CNPJ baixada é aquela que fez essa solicitação a conceder de ofício ou ao órgão competente. Pode ser feita a reativação, se o funcionamento do negócio for constatado”. Isso significa que a empresa baixada está extinta, de acordo com decisão dos sócios ou mesmo mediante ação da Receita Federal (o que pode acontecer se não forem prestadas informações ao fisco por cinco ou mais anos).

Já a empresa inativa é diferente. Seu CNPJ não foi extinto, mas a empresa inativa não tem movimentação em dia. É importante pontuar que se trata de um procedimento legal, ou seja, não fere a lei, mas especialistas alertam que é preciso estar muito atento porque muitos confundem esta situação com a empresa baixada, e você já sabe que são situações bem diferentes: a empresa baixada está extinta, a empresa inativa, não!

Empresa inativa segundo a Receita Federal

De acordo com o artigo 2º, da Instrução Normativa RFB nº 1646, de 30 de maio de 216, “considera-se pessoa jurídica inativa aquela que não tenha efetuado qualquer atividade operacional, não operacional, patrimonial ou financeira, inclusive aplicação no mercado financeiro ou de capitais, durante todo o ano-calendário”.

Em um parágrafo único deste 2º artigo, a Receita Federal define: “O pagamento, no ano-calendário a que se referir a declaração, de tributo relativo a anos-calendário anteriores e de multa pelo descumprimento de obrigação acessória não descaracteriza a pessoa jurídica como inativa no ano-calendário”.

Empresa inativa X empresa sem movimento

Se a sua empresa não fez uma venda sequer no ano mas fez algum pagamento ou recebimento de duplicata no ano-calendário, ela não está inativa. Sigamos que sua empresa fez vendas em janeiro e fevereiro, mas nos cinco meses seguintes não teve faturamento algum, ela não está inativa, mas sim sem movimento.

As obrigações de uma empresa inativa

Essa é a questão principal, que muitas vezes causa problemas para empreendedores desinformados ou mal assessorados. Uma empresa inativa tem obrigações a cumprir, ainda que sua movimentação seja nula (o que a caracteriza como tal). São elas:

  • RAIS – Relação Anual de Informações Sociais – Negativa;
  • DCTF (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) – Se não for entregue, haverá pena de multa;
  • GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social) – 1° entrega feita em Janeiro e a 2° em Dezembro;
  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • Escriturações fiscais.

Quanto tempo sua empresa pode ficar como inativa

Na verdade, isso quem define é o empreendedor. Não há um prazo determinado que limite esta condição na legislação, mas o que é preciso ficar claro é que a inatividade deve ser utilizada temporariamente, estrategicamente, por conta de alguma situação bem específica, como, por exemplo, estar operando no vermelho há algum tempo e precisar de fôlego para retomar as atividades comerciais do negócio.

E se a empresa não cumprir com suas obrigações no período que estiver inativa?

O não pagamento de impostos vencidos e o não cumprimento das obrigações fiscais da empresa, mesmo inativa, podem gerar multas e o próprio empresário pode ser prejudicado como pessoa física, tendo seu CPF suspenso por conta disso.

Uma situação muito comum é relacionada ao imposto de renda. Quando a empresa está inativa, não precisa transmitir a declaração do imposto de renda todos os meses. Mas a declaração anual é obrigatória, e muitos empresários confundem a empresa inativa com a empresa baixada, e não cumprem com esta e outras obrigações. Resultado: multas e até o risco de perder o CNPJ de vez.

Posso baixar uma empresa inativa com débitos e ausência de declarações?

A qualquer momento o empreendedor pode decidir que a empresa inativa volte a operar normalmente. Mas também pode optar por finalizá-la definitivamente, caso este seja o seu desejo. Mas e se a empresa inativa tiver débitos e ausência de declarações, pode ser baixada?

Claro que sim, mas não como está! Antes de dar baixa no CNPJ, é preciso verificar se há alguma pendência burocrática e saldar valores em aberto. Nenhuma obrigação pode ser descumprida. E mais: se há funcionários registrados, é preciso fazer a rescisão contratual conforme a legislação vigente.

A empresa precisará de uma certidão negativa da Receita Federal, bem como o documento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), que deve ser obtido no portal da Caixa Econômica Federal. Não se esqueça de ver se há débitos ou obrigações junto as esferas estadual e municipal.

E mais: o empreendedor precisa, ainda, preencher o Cadastro Sincronizado Nacional, disponível no portal da Receita Federal, com as mesmas informações do distrato. Tal cadastro irá gerar o que chamamos de DBE (Documento Básico de Entrada), que deve ser assinado e protocolado. A baixa da empresa também é registrada na Junta Comercial ou Cartório.

A AM Contabilidade Online propõe uma contabilidade proativa

A AM Contabilidade Online se propõe a promover para os seus clientes uma contabilidade proativa. Isso significa que nos antecipamos aos fatos, e, assim, evitamos surpresas desagradáveis, como cobrança de multas por obrigações não cumpridas.

Entendemos que o papel da assessoria contábil é muito maior do que manter em dias as obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas. Já se foi o tempo que contabilidade era sinônimo de boletos de imposto e holerites de funcionários. Nosso papel é de assessoria, aconselhamento, coleta de dados para apoiar decisões gerenciais e apoio contábil que interfira positivamente nos resultados.

Atuamos por meio de uma plataforma digital própria, que oferece comodidade, segurança, senso de urgência, baixo custo e qualidade. Nosso atendimento, no entanto, é humanizado, proativo e individualizado. Clique aqui, converse com um de nossos especialistas e saiba o que podemos fazer para apoiar o seu negócio.

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Melhor Tipo De Empresa Para Medicos Blog - AM Contabilidade Online

Melhor tipo de empresa para médicos – conheça agora!

Conheça agora o melhor tipo de empresa para médicos! Para garantir os melhores resultados possíveis é muito importante que um médico abra o melhor tipo de empresa para a sua área de atuação Após uma longa jornada de formação, um

Conheca As Vantagens De Ter Uma Assinatura Digital Agora Mesmo Blog - AM Contabilidade Online

Assinatura digital: quais as vantagens?

Conheça as vantagens de ter uma assinatura digital Separamos algumas das principais vantagens que uma assinatura digital pode oferecer ao seu negócio. Confira agora mesmo! As assinaturas digitais estão desempenhando um papel fundamental para mudar a forma como vivemos e

Confira O Passo A Passo Para Realizar A Migracao De Mei Para Me Blog - AM Contabilidade Online

Migração de MEI para ME: quais os passos?

Confira o passo a passo para realizar a migração de MEI para ME Entenda todos os trâmites relacionados à migração de Microempreendedor Individual para Microempresa Uma Microempresa Individual é uma opção maravilhosa para empresários que querem iniciar um pequeno negócio

Recomendado só para você
Entenda o que são e como fazer as obrigações tributárias…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top