Quais impostos um caminhoneiro deve pagar e por quê?

Contabilidade para transportadora

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Se você está pensando em entrar para o ramo de transporte de cargas, saber quais impostos um caminhoneiro deve pagar e porque é fundamental para calcular quanto é preciso investir no início da carreira.

Além disso, ter conhecimentos sobre tais impostos contribui consideravelmente no seu planejamento financeiro e ainda te ajuda a tomar uma decisão importante – trabalhar como empregado ou ser caminhoneiro MEI?

Inclusive o MEI (Microempreendedor Individual) é um ótimo benefício para atividades permitidas por lei, como é o caso da ocupação do Caminhoneiro (A) de Cargas Não Perigosas.

Mas, quais impostos um caminhoneiro deve pagar e por quê?

Todo caminhoneiro sabe que a carga tributária é um dos seus maiores desafios; afinal, com tantos impostos sobre transporte de carga, controlar as finanças, crescer e alcançar sucesso com esta atividade pode ser um pouco mais complexo.

No entanto, isso não é motivo para você desanimar, pois agindo de modo mais assertivo, é possível você conseguir:

  • Ter mais controle sobre os tributos impostos aos caminhoneiros.
  • E ainda ter uma significativa redução desses valores.

Fato é que não há como você fugir da responsabilidade de pagar os impostos no transporte de cargas, porém há formas de deixar essa tarefa mais eficiente e até gerar economia.

Caminhoneiro, porque pagar impostos?

Ter controle efetivo dos tributos evita que você caminhoneiro seja penalizado por não apresentar documentações obrigatórias e mantendo seus registros fiscais sempre organizados contribui para que você consiga se planejar melhor.

Outro ponto importante é que o não cumprimento dessas obrigações pode lhe trazer certos transtornos como:

  • Impedimento de prestar serviços a órgãos públicos.
  • Impedimento de emitir certidão negativa.
  • Impedimentos de emitir novos documentos até a regularização.
  • Impedimento de optar pelo Simples Nacional para caminhoneiros.

Logo, o melhor que você faz é cumprir com todas suas obrigações fiscais evitando a sonegação e problemas com o fisco.

Leia também os artigos: 

Como funciona a contabilidade online?
Grandes oportunidades em Naviraí
Como montar um plano de negócio?
Como pagar meu imposto como PF? Vale a pena?

Veja agora, os impostos que incidem sobre o transporte de cargas:

Tributos Federais

  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoas Jurídicas) – sua base de cálculo é o lucro real, presumido ou arbitrado. Caminhoneiros optantes pelo Simples Nacional possuem uma maneira de arrecadação simplificada deste tributo, bem como de todos os outros abaixo.
  • PIS/PASEP (Contribuição para Programas de Integração e Formação do Patrimônio do Servidor Público) – sua apuração é realizada mensalmente sobre o valor do faturamento mensal das empresas públicas, privadas, da folha de pagamento das entidades sem fins lucrativos e das sociedades de economia mista.
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) – tributo semelhante ao IRPJ no que se refere ao pagamento e à apuração, que variam conforme o regime de tributação.
  • INSS (Previdência Social) – o calculo da alíquota do INSS depende da atividade e seu calculo é feito em cima da folha salarial, logo, empresas que possuem folha de pagamento devem recolher o INSS.
  • Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) – possui apuração mensal e o prazo para recolhimento é até o último dia útil da quinzena do mês seguinte.
  • IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados) – sua apuração é feita a cada dez dias e o recolhimento é realizado até o último dia do decêndio seguinte para a produção de outros tipos de produtos que não sejam cigarros ou bebidas, vez que estes o recolhimento é feito até o terceiro dia útil do decêndio subsequente.

Tributos Estaduais

  • ICMS (Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal) – incide sobre diversos fatos geradores como, por exemplo, serviços de comunicação, entrada de mercadoria importada, serviços de transporte interestadual e intermunicipal, etc.

Cada unidade federativa tem a competência de instituir suas alíquotas.

Tributos Municipais

  • ISS (Imposto sobre Serviços) – atua sobre todos os prestadores de serviços, autônomos ou empresas. Suas alíquotas variam conforme a legislação de cada ente federativo e sua base de calculo é o preço do serviço.

Tabela do Simples Nacional para apurar imposto de transporte de cargas

É importante você saber também que empresas prestadoras de serviços de transporte intermunicipal e interestadual de cargas têm suas alíquotas fixadas pelo Anexo III da tabela do Simples 2018.

Receita bruta em 12 meses Alíquota Dedução do valor a ser recolhido
Até R$ 180.000,00 6% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 11,2% R$ 9.360,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 13,5% R$ 17.640,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 16% R$ 35.640,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,00 21% R$ 125.640,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,00 33% R$ 648.000,00

 

Portanto, lidar com impostos que um caminhoneiro deve pagar, ou com impostos no transporte de carga, é extremamente importante para você ter controle de quais tributos pagar e evitar erros de operações, inclusive eliminando o risco de pagar duas vezes o mesmo imposto.

Por isso, busque canais que sempre estão atualizados e principalmente uma contabilidade especializada no que se refere a impostos no transporte de carga.

Fale conosco, teremos prazer em te ajudar nessa formalização!

[button_1 text=”Quero%20falar%20por%20WhatsApp” text_size=”32″ text_color=”#ffffff” text_font=”Helvetica;default” text_bold=”Y” text_letter_spacing=”0″ subtext_panel=”N” text_shadow_panel=”N” styling_width=”40″ styling_height=”20″ styling_border_color=”#000000″ styling_border_size=”0″ styling_border_radius=”6″ styling_border_opacity=”100″ styling_gradient_start_color=”#53a540″ drop_shadow_panel=”N” inset_shadow_panel=”N” align=”center” href=”https://api.whatsapp.com/send?phone=+5567998482308&text=Ol%C3%A1,%20acabei%20de%20ler%20o%20artigo%20como%20-Quais%20impostos%20um%20caminhoneiro%20deve%20pagar%20e%20por%20qu%C3%AA?-,%20gostaria%20de%20tirar%20uma%20d%C3%BAvida”/]

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Sem Título 1 - AM Contabilidade Online

Conheça as tabelas do Simples Nacional para 2022

Você sabia que nada menos do que 87% de todos os pequenos negócios do Brasil são optantes do Simples Nacional, segundo pesquisa do Sebrae? Essa esmagadora maioria escolheu esse regime de tributação simplificado por conta da facilidade que uma única

A EIRELI foi extinta. E agora?

Em vigor desde o dia 27 de agosto de 2021, a Lei 14.195/21 extingue, no Brasil, as Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI). A partir desta data, essa natureza jurídica está extinta no Brasil. Mas, e agora? E todas as

Foto Pro Artigo - AM Contabilidade Online

Comprar um carro no CNPJ vale a pena?

Uma das perguntas mais comuns que empreendedores de todo o país nos fazem é: comprar um carro no CNPJ vale a pena? Muitos empresários nos procuram para discutir esse assunto e saber como a compra de um automóvel pela pessoa

Recomendado só para você
O que uma empresa do Simples deve pagar? Quais são…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top