Que tipo de empresa é melhor para abrir no mercado digital?

Capa Do Artigo - AM Contabilidade Online

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Não há dúvidas de que a pandemia do novo corona vírus deixará alguns legados, e a expansão do e-commerce é certamente um deles. Nunca se comprou tanto pela internet como agora, e o número de consumidores online cresceu exponencialmente. A verdade é que a internet foi um refúgio que permitiu o equilíbrio financeiro de muitas empresas que simplesmente quebrariam se não migrassem para o digital e, mais do que isso, abriu as portas para um maior faturamento de muitas empresas, dos mais variados segmentos.

Muita gente passou a ganhar um bom dinheiro vendendo pela internet. Muitos negócios migraram para o mundo online, cresceram, se tornaram robustos e mostram que mesmo na crise – ou até mesmo diante dela – o online oferece oportunidades de excelentes negócios. Mas para quem quer empreender digitalmente, vem a pergunta: que tipo de empresa é melhor para abrir no mercado digital?

Se você está pensando em abrir uma nova empresa para atuar no mercado digital ou acabou de fazê-lo, este conteúdo lhe será muito útil. Leia até o fim e saiba exatamente que tipo de empresa é melhor para abrir no mercado digital. E se precisar de ajuda, não hesite em nos procurar. A AM Contabilidade Online é especialista em contabilidade para empresas do mercado digital e, com toda a certeza, pode te ajudar a alcançar o sucesso empresarial.

Os negócios digitais se multiplicaram na pandemia

Em um primeiro momento, quando a pandemia do novo corona vírus provocou o isolamento social, o e-commerce foi muito afetado, de forma positiva, é claro. As vendas deram um salto jamais antes visto, em tão pouco tempo: de acordo com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, as vendas online observaram um crescimento de 137,5% em maio, logo no início do isolamento, em 2020.

Esse é um legado que a pandemia do novo corona vírus deixará: a solidificação do e-commerce. Um sem número de pessoas teve que recorrer ao computador ou ao smartphone para utilizar o internet banking e fazer suas compras online. Gente que jamais havia clicado em “comprar” não só o fez, como tornou isso um hábito.

Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito, 91% dos internautas brasileiros fizeram alguma compra online em 2020, o que representou um crescimento de cinco pontos percentuais em relação ao ano anterior. Os pedidos de comida quase dobraram, passando de 30% pra 55% de um ano para o outro. Os pedidos online para supermercados mais que triplicaram, pulando de 9% para 30%. Os cursos online também se tornaram campeões de venda, com um aumento de 11 pontos percentuais em relação a 2019, chegando a 20%.

O mais interessante de tudo é que não há dúvidas de que o céu é o limite. Apesar de todo o boom do e-commerce, ele foi responsável por apenas 6% do volume do comércio varejista, segundo o  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ou seja, as possibilidades de crescimento ainda são gigantescas.

Quais as melhores oportunidades de negócio que a internet oferece?

Se você acha que pode ganhar um bom dinheiro vendendo na internet, tem toda a razão do mundo. É bem verdade que as vendas online têm o maior faturamento de todo o mercado digital, e muita gente ganhou dinheiro na crise abrindo lojas em algum marketplace, como o Mercado Livre, a Amazon, a OLX e a Magazine Luiza, entre outros.

Mas o mercado digital oferece muito mais do que o e-commerce que você conhece. Há muitas oportunidades que vai além das lojas online, entre as quais destacamos:

  • Economia compartilhada (como aplicativos de transporte urbano);
  • Programação e desenvolvimento de aplicativos e softwares;
  • Agências de marketing digital;
  • Empresas de segurança da informação;
  • Criação de conteúdo;
  • Produtores digitais (infoprodutores);
  • Afiliados (programa de vendas dos produtores digitais);
  • Freelancers (redatores, tradutores e ilustradores, entre tantos outros);
  • Serviços de segurança em TI;
  • Análise de dados (web analytcs).

Infoprodutores e programa de afiliados. O que são?

Você sabe o que é uma infoprodutora e um programa de afiliado? Se quer faturar na internet também, é importante saber porque tem muita gente faturando alto neste mercado. O infoprodutor é quem produz um infoproduto, ou seja, um produto digital, entre os quais e-books, cursos digitais, aulas online, podcasts, revistas eletrônicas, webinars, conteúdo, criação de aplicativos e plug-ins, clubes de assinaturas e criação de infográficos e templates.

Já o afiliado, que adere a um programa de afiliado, é quem fará a venda destes infoprodutos. Um afiliado faz uma conta em uma plataforma digital como a Hotmart, a Eduzz ou a Monetizze e faz as vendas, ganhando uma boa comissão por isso. Ele pode representar quantos infoprodutores que quiser, e isso só aumenta suas chances de ganhos.

Como abrir uma empresa digital?

Você vai precisar contratar um contador especializado e experiente para abrir sua empresa. Além de resolver todos os processos burocráticos, ele vai lhe orientar sobre que tipo de empresa é melhor para abrir no mercado digital. Você precisará definir a natureza jurídica da empresa, o regime tributário, terá que produzir o contrato social, enfim, são muitas as definições, e contar com a ajuda de um especialista fará toda a diferença.

Produtores Digitais - AM Contabilidade Online

Vale lembrar que o processo de legalização de uma empresa para atuar no mercado digital é o mesmo de uma empresa tradicional. Outro ponto importante é que você precisará mesmo de um contador para cuidar da sua contabilidade – isso está previsto em lei, e toda empresa brasileira, não importa o tamanho ou segmento de atuação, é obrigada a contratar um contador ou um escritório contábil. A exceção é aberta apenas para os microempreendedores individuais (MEIs), e até eles podem contratar um contador se quiserem crescer e se transformar em uma microempresa.
Maxresdefault (1) - AM Contabilidade Online

O papel do escritório de contabilidade na sua empresa

Já se foi o tempo em que a contabilidade cuidava apenas das tarefas burocráticas de uma empresa, previstas em lei. Hoje, a contabilidade funciona como uma ferramenta voltada para a gestão e para o resultado. É por meio dela que se pode tomar decisões gerenciais muito mais assertivas.

Um escritório de contabilidade experiente e especializado em empresas do mercado digital poderá fazer muito mais pelo seu negócio. Um exemplo? Um amplo planejamento tributário poderá resultar em uma carga de tributos menor, resultando em um faturamento líquido maior. Você sabia que o e-book, assim como os livros impressos, goza de isenções tributárias? O seu contador especializado e experiente sabe disso e se valerá das leis para benefício do seu negócio.

Qual é a melhor natureza jurídica para a sua empresa?

São cinco as principais naturezas jurídicas:

  • Sociedade Empresária limitada: Neste caso o empresário precisa ter um ou mais sócios. É a natureza jurídica mais utilizada no Brasil. Cada sócio terá um montante da participação da empresa e responde pelas dívidas da empresa de forma proporcional à sua participação. A responsabilidade é, no entanto, limitada ao valor do capital social
  • Sociedade Limitada Unipessoal: É muito parecida com a sociedade empresária limitada, mas comporta um só dono. O patrimônio pessoal do empresário é preservado em caso de dívidas da empresa. Não há valor mínimo para o capital social.
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada individual (EIRELI): O empreendedor é dono do negócio individualmente. O capital social mínimo exigido é de cem salários-mínimos, mas o patrimônio pessoal do empresário não é afetado em casa de dívidas empresariais.
  • Empresa Individual (EI): A empresa é de um dono só, mas o empreendedor responde por dívidas da empresa com seu patrimônio pessoal.
  • Microempreendedor individual (MEI): natureza jurídica criada para tirar empreendedores da informalidade. O imposto mensal é único e não excede R$ 60,00, mas há várias limitações, como um faturamento anual de no máximo R$ 81 mil e a possibilidade de contratar tão somente um funcionário, com pagamento de uma salário-mínimo. É bom lembrar que desde 2019 afiliados não podem ser MEI.

E o regime tributário?

O regime tributário vai definir as alíquotas dos impostos que sua empresa pagará todos os meses sobre o faturamento. Portanto, é algo extremamente sério e merece a sua atenção e uma boa conversa com o seu contador experiente e especializado.

Os três regimes tributários são:

  • Simples Nacional: É um regime simplificado, com pagamento de um único boleto englobando todos os impostos federais, estaduais e municipais. É preciso estar em conformidade com algumas regras para aderir ao Simples Nacional.
  • Lucro presumido: É o melhor regime para muitas empresas prestadoras de serviços. Os impostos são calculados a partir de um lucro presumido.
  • Lucro real: Os impostos são calculados a partir do lucro aferido. Algumas empresas são obrigadas, de acordo com a legislação, a adotar esse regime tributário.

 

De olho nos CNAEs certos para o exercício da atividade-fim

CNAE é a sigla de Classificação Nacional de Atividades Econômicas, um código de atividade econômica que define o tipo de atividade que sua empresa estará apta a exercer. Você pode optar por vários CNAEs, e a lista é fornecida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Toda empresa que produz bens ou serviços precisa ter um ou mais CNAEs.

É preciso ter cuidado na hora de optar pelos CNAEs porque se algo ficar de fora sua empresa não poderá exercer tal atividade. Além disso, sua lista vai interferir na hora de optar pelo regime tributário. Um afiliado, por exemplo, não pode ser MEI.

Os principais CNAES para uma empresa que atua no mercado digital são:

  • Agências de publicidade: 7311-4/00
  • Marketing direto: 7319-0/03
  • E-commerce: 4744-0/99
  • Cursos e treinamentos: 8599-6/04
  • Edição de livros (e-book): 5811-5/00
  • Vendas/Afiliados: 7319-0/02

A AM Contabilidade Online é especializada neste segmento e pode te ajudar

A AM Contabilidade Online é especializada em contabilidade para empresas que atuam no mercado digital, e por isso sabemos que tipo de empresa é melhor para abrir no mercado digital para o seu caso. Venha conversar conosco e saiba tudo o que podemos fazer pelo seu negócio, por meio de uma contabilidade proativa, voltada para o resultado e totalmente digital, mas com atendimento humanizado, individualizado e referência no mercado.

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Sem Título 1 - AM Contabilidade Online

Conheça as tabelas do Simples Nacional para 2022

Você sabia que nada menos do que 87% de todos os pequenos negócios do Brasil são optantes do Simples Nacional, segundo pesquisa do Sebrae? Essa esmagadora maioria escolheu esse regime de tributação simplificado por conta da facilidade que uma única

A EIRELI foi extinta. E agora?

Em vigor desde o dia 27 de agosto de 2021, a Lei 14.195/21 extingue, no Brasil, as Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI). A partir desta data, essa natureza jurídica está extinta no Brasil. Mas, e agora? E todas as

Foto Pro Artigo - AM Contabilidade Online

Comprar um carro no CNPJ vale a pena?

Uma das perguntas mais comuns que empreendedores de todo o país nos fazem é: comprar um carro no CNPJ vale a pena? Muitos empresários nos procuram para discutir esse assunto e saber como a compra de um automóvel pela pessoa

Recomendado só para você
Conheça o planejamento tributário para clínicas médicas Ter um planejamento…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top