Como abrir uma empresa do Simples Nacional?

Layout Artigos - AM Contabilidade Online

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Muitos empreendedores de todo o país procuram a AM Contabilidade Online para perguntar como abrir uma empresa do Simples Nacional. Estes empresários dizem que o Simples Nacional é vantajoso economicamente, que permite o pagamento de menos impostos, e, por isso, querem abrir uma empresa do Simples Nacional.

Nós, da AM Contabilidade Online, achamos ótimo quando o empreendedor chega com este tipo de demanda. Pagar menos impostos, dentro da lei, é claro, é mesmo importantíssimo para se alcançar melhores resultados e maiores lucros. Mas será que é tão simples assim, basta querer e é possível abrir uma empresa do Simples Nacional?

Resolvemos preparar este conteúdo para responder a esta pergunta de forma definitiva, eliminando quaisquer dúvidas dos empreendedores: como abrir uma empresa do Simples Nacional? Leia este artigo até o fim e saiba tudo sobre o assunto. Mas se ainda assim você tiver alguma dúvida, não hesite em nos procurar. Estamos aqui para lhe ajudar!

O que é Simples Nacional?

Antes de tudo, é importante você saber exatamente o que é o Simples Nacional para entender como abrir uma empresa do Simples Nacional.

Trata-se de um regime tributário simplificado, criado em 2006 para empresas de micro e pequeno porte, com a ideia de facilitar a vida do empreendedor, por meio de um modelo simplificado de tributação. Além disso, o Simples Nacional se propõe a oferecer tabelas de alíquotas reduzidas de impostos, que progredirão à medida que o faturamento da empresa aderente cresça.

A principal característica do Simples Nacional é a unificação de todos impostos federais, estaduais e municipais em uma só guia, o chamado Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Ou seja, o empreendedor terá apenas um boleto por mês para saldar todos os impostos.

Os impostos inclusos no Simples Nacional

  • Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
  • Imposto sobre Serviços (ISS);
  • Contribuição Patronal Previdenciária (CPP).

Qual tipo de empresa pode aderir ao Simples Nacional?

Então basta eu abrir uma empresa e escolher o Simples Nacional como regime tributário, certo? Errado!

O Simples Nacional é um regime tributário especial, e há regras para adesão. São três os tipos de empresa que podem fazê-lo:

  • Microempreendedor Individual (MEI): faturamento até R$ 81 mil anuais;
  • Microempresa (ME): faturamento até R$ 360 mil anuais;
  • Empresa de pequeno Porte (EPP): faturamento de R$ 360.000,01 a R$ 4,8 milhões anuais.

Outras principais exigências para abrir uma empresa do Simples Nacional

  • Apenas para empresas de naturezas jurídicas de Sociedade Empresarial (LTDA), Sociedade Simples (SS), Sociedade Limitada Unipessoal (SLU), Empresário Individual (EI) e Microempreendedor Individual (MEI).
  • Vedada a empresas que têm ações, como a S.A;
  • A empresa não pode fazer cessão ou locação de mão de obra;
  • O negócio não pode participar do capital de outra pessoa jurídica;
  • A empresa não pode ter como sócia do negócio outra empresa;
  • O empreendimento não pode ser filial, sucursal, agência ou representação de uma empresa com sede no exterior;
  • O capital da empresa não pode contar com uma pessoa física que seja inscrita como empresária ou seja sócia de outra empresa que receba tratamento jurídico diferenciado como o ME e EPP, e cuja receita bruta global ultrapasse R$ 4,8 milhões;
  • O dono do negócio ou sócio não podem participar com mais de 10% no capital de outra empresa que não seja ME ou EPP e que a receita bruta global ultrapasse R$ 4,8 milhões;
  • Os sócios devem residir no Brasil;
  • A empresa não pode ter débitos com o INSS ou com as Fazendas federal, estadual ou municipal.

As vantagens de abrir uma empresa do Simples Nacional

O Simples Nacional é, de fato, um regime tributário simplificado. A emissão de apenas um boleto para pagamento de todos os impostos devidos é uma das suas maiores vantagens, mas não a única. A tributação baseada no faturamento, por exemplo, garante alíquotas menores para empresas que faturam menos, e isso é um estímulo tributário. O Simples Nacional também oferece menos burocracia porque diminui as obrigações acessórias e simplifica a contabilidade.

Quanto custa abrir uma empresa do Simples Nacional.

Esta é uma pergunta que absolutamente todos os empreendedores nos fazem logo no início da conversa. Trata-se de uma preocupação legítima, afinal no começo são só gastos e mais gastos, não é verdade?

São dois os custos que o empreendedor tem ao abrir uma empresa do Simples Nacional. Um deles é o conjunto de taxas e impostos que são cobrados na legalização de um negócio. O outro é o custo da mão de obra do escritório contábil contratado para assessorar o empreendedor e promover a legalização propriamente dita.

Estes custos variam de cidade para cidade e também dependem do tamanho e tipo de empreendimento. Seria possível dizer que, na maior parte das vezes, o valor deve variar entre R$ 500,00 e R$ 1.500,00. O contador contratado, este sim, poderá apresentar um valor muito próximo do real, combinado?

Qual é o passo a passo de como abrir uma empresa do Simples Nacional?

  1. Contrate um contador que fará todo o processo burocrático da legalização da empresa e oferecerá toda assessoria necessária.
  2. Com seu contador, opte pelo tipo de empresa, escolha a natureza jurídica, defina os CNAEs (atividades) e prepare o contrato social.
  3. Hora da burocracia. É preciso registrar o contrato social na Junta Comercial, emitir um CNPJ junto a Receita Federal e conseguir o alvará de funcionamento na prefeitura.
  4. Faça a opção pelo Simples Nacional (de posse de toda a documentação devidamente aprovada, sua empresa terá um prazo de 180 dias para aderir a este regime tributário. Isso é feito de forma online, por meio deste link. Vale pontuar que empresas já constituídas só podem optar pelo Simples Nacional em janeiro de cada ano).

Mas o Simples Nacional é o melhor regime tributário para sua empresa?

Esta é, sem dúvidas, a grande pergunta a ser feita: você já sabe como abrir uma empresa do Simples Nacional mas será que este regime tributário é o ideal para a sua empresa?

Somente um planejamento tributário muito bem-feito pelo seu contador poderá indicar o melhor regime tributário para sua empresa. O lucro presumido, por exemplo, impõe uma alíquota de 13,33% ou 16,33%, dependendo do seu município, e isso pode ser menor do que a alíquota do Simples Nacional que, como você já sabe, depende do faturamento.

A AM Contabilidade Online é especialista em Simples Nacional e está pronta para lhe ajudar

A AM Contabilidade Online conhece profundamente todas as regras do Simples Nacional e está pronta para promover um amplo planejamento tributário para descobrir definitivamente qual melhor regime tributário para a sua empresa. Clique aqui, marque um bate papo com um de nossos especialistas, e tenha certeza de que você pagará a menor quantidade de impostos possível, sempre dentro da lei.

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Saiba Agora Mesmo Como Encantar Clientes Blog - AM Contabilidade Online

Como encantar clientes: quais as dicas?

Conheça 5 dicas de como encantar clientes para suas atividades como representante comercial Confira, neste artigo, quais as principais dicas para conseguir encantar clientes em suas atividades como representante comercial Todos sabem que a retenção de clientes é um dos

Receita Federal Prorroga O Prazo Da Declaracao Do Imposto De Renda 2022 Blog - AM Contabilidade Online

Prorrogação IRPF 2022: entenda com aproveitar, infoprodutor

Entenda como aproveitar a prorrogação IRPF 2022 para otimizar o envio da sua declaração Infoprodutor, reunimos informações importantes, as quais vão ajudar você a aproveitar melhor a prorrogação do IRPF 2022 Você ficou sabendo que houve a prorrogação do IRPF

Conheca Os Detalhes Sobre A Lei 488665 Para Representantes Comerciais Blog - AM Contabilidade Online

Lei 4.886/65: de que você precisa saber?

Conheça os detalhes sobre a Lei 4.886/65 para representantes comerciais e o direito ao 1/12 avos que ela permite ao profissional Entender as questões pertinentes ao vínculo empregatício de um representante comercial é fundamental. Confira, neste artigo, todos os detalhes

Recomendado só para você
Guia do IR 2022 para empresas Confira, neste artigo, quais…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top