O que é Fator R do Simples Nacional? Como utilizá-lo para pagar menos imposto?

Sem Título 1 - AM Contabilidade Online

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Você já ouviu falar sobre Fator R do Simples Nacional? Este é um assunto importantíssimo, que pode provocar até mesmo uma redução da carga tributária da sua empresa. Pagar menos impostos – obviamente que dentro da lei – é fundamental porque permite um lucro líquido maior. E hoje, em um mercado cada vez mais competitivo, global e difícil, com margens apertadíssimas, é uma gestão controlada que fará a diferença.

Mas o que é Fator R do Simples Nacional? Como utilizá-lo para pagar menos impostos? É o que a AM Contabilidade Online responde agora, neste conteúdo produzido especialmente para empreendedores cujas empresas aderiram ao Simples Nacional. E se você tiver alguma dúvida ao final deste conteúdo, fale conosco. Estamos aqui para apoiá-lo!

O que é o Fator R do Simples Nacional?

O Simples Nacional, como você já deve saber, é um regime tributário simplificado, que reúne em um só boleto todos os impostos federais, estaduais e municipais. Ao aderir ao Simples Nacional, sua empresa se encaixará em um dos cinco anexos disponíveis, de acordo com as regras estabelecidas em lei.

Muitas empresas podem se encaixar nos anexos III e V, e o que vai definir qual é a melhor opção é o chamado Fator R do Simples Nacional. Por meio de um cálculo específico, sua empresa poderá aderir a um ou outro anexo.

Pexels Michael Burrows 7129022 - AM Contabilidade Online

Por que é importante utilizar o Fator R do Simples Nacional?

Essa é uma pergunta muito fácil de responder: por meio do Fator R do Simples Nacional você poderá ter uma carga tributária menor, ou seja, pagar menos impostos. E, consequentemente, seus resultados serão positivamente afetados. Por isso, é fundamental que o seu contador esteja sempre de olho nele, combinado?

O que a lei estabelece sobre o Fator R?

É o §24 da Lei Complementar 123/2006 que determina o Fator R do Simples Nacional:

  • 24. Para efeito de aplicação do § 5o-K, considera-se folha de salários, incluídos encargos, o montante pago, nos doze meses anteriores ao período de apuração, a título de remunerações a pessoas físicas decorrentes do trabalho, acrescido do montante efetivamente recolhido a título de contribuição patronal previdenciária e FGTS, incluídas as retiradas de pró-labore.

A lei é complementada no §26:

  • 26. Não são considerados, para efeito do disposto no § 24, valores pagos a título de aluguéis e de distribuição de lucros.

Como usar o fator R na prática?

Existe uma fórmula para calcular o Fator R do Simples Nacional, que parece difícil, mas nem é: R = FS12 : RBT 12R.

Essa é uma tarefa para o seu contador, mas vale saber que FS12 engloba os encargos dos 12 meses anteriores ao período de apuração do tributo (que inclui o que sua empresa pagou com salários, pró-labores dos acionistas e o montante recolhido efetivamente com os pagamentos feitos ao INSS e ao FGTS), enquanto RBT 12 R é a receita bruta acumulada nos 12 últimos meses anteriores ao período de apuração do imposto.

Portanto, basta dividir o primeiro pelo segundo. Se o resultado encontrado for igual ou superior a 28%, dependendo da atividade econômica, a empresa poderá não mais se enquadrar no anexo V, passando a ser tributada pelas alíquotas do anexo III.

Mas será que isso é uma vantagem?

Qual anexo é o melhor para a sua empresa: III ou V?

As empresas optantes pelo Simples Nacional devem se encaixar em um anexo, o que definirá as alíquotas do imposto a pagar. Não é uma questão de pura escolha, porque é preciso saber em que anexo seu negócio se encaixa, de acordo com as regras do Simples Nacional.

O anexo I é voltado para empresas do comércio. O II para atividades da indústria. Já os anexos II, o IV e o V são voltados para prestadores de serviços. Você precisa conversar com o seu contador para saber onde sua empresa se encaixa e comparar as alíquotas do Simples Nacional com a tributação sobre o lucro presumido, para saber o que é mais vantajoso para você.

As alíquotas são definidas por faturamento, e vão aumentando a medida que sua empresa tem melhores resultados. É importante você conhecer as alíquotas dos anexos III e V para, caso utilize o Fator R do Simples Nacional, possa optar pelo que é mais vantajoso para o seu negócio.

  • Anexo 3:

Até R$ 180 mil =  6%

De R$ 180.000,01 a R$ 360 mil = 11,2%

De R$ 360.000,01 a R$ 720 mil = 13,5%

De R$ 720.000,01 a R$ 1,8 milhão = 16%

De R$ 1.800.000,01 a R$ 3,6 milhões = 21%

De R$ 3.600.000,01 a R$ 4,8 milhões = 33%

  • Anexo 5:

Até R$ 180 mil =  15,5%

De R$ 180.000,01 a R$ 360 mil =  18%

De R$ 360.000,01 a R$ 720 mil = 19,5%

De R$ 720.000,01 a R$ 1,8 milhão = 20,5%

De R$ 1.800.000,01 a R$ 3,6 milhões = 23%

De R$ 3.600.000,01 a R$ 4,8 milhões =  30,50%

Isso significa que empresas que têm um faturamento até R$ 3,6 milhões pagarão menos impostos se enquadradas no anexo III. As que faturam mais devem optar pelo anexo V. Viu como o Fator R do Simples Nacional é importante?

A sua contabilidade está fazendo a diferença para o seu negócio?

Essa é uma pergunta que você precisa se fazer constantemente. Porque a contabilidade pode, e deve, fazer a diferença no seu negócio, atuando a favor da gestão e dos resultados. Aquela contabilidade burocrática, que só se preocupava com procedimentos do dia a dia, como a emissão de guias de impostos e de holerites, ficou no passado.

Hoje, a assessoria contábil é fundamental para qualquer negócio, atuando de forma gerencial, proativa e oferecendo à empresa dados sensíveis que fazem toda a diferença na hora da tomada de decisões. Ela funciona como uma ferramenta competitiva, que pode trazer benefícios para o próprio negócio.

Um bom exemplo é a possibilidade de realizar um profundo planejamento tributário, que poderá reaver impostos pagos a mais e diminuir o valor a pagar. Seu contador, por exemplo, já tentou utilizar o Fator R do Simples Nacional a seu favor? Converse com ele sobre isso, porque sua atuação pode melhorar ainda mais os resultados alcançados pelo seu empreendimento.

Como a AM Contabilidade Online pode ajudar a alavancar o seu negócio?

A AM Contabilidade Online atua por meio de uma contabilidade propositiva, gerencial, moderna e voltada para a gestão e para o resultado. Quer um exemplo disso? Ajudamos o nosso cliente a precificar melhor os seus produtos/serviços por meio de uma profunda análise de números do negócio, e isso pode fazer diferença até mesmo no lucro líquido do negócio.

Adotamos a chamada contabilidade online, facilitando todo o processo contábil por meio de uma plataforma digital, mas não abrimos mão de um atendimento humanizado e individualizado, o que nos diferencia no mercado.

Clique aqui e converse agora com um de nossos especialistas. Queremos saber quais são suas dores, suas necessidades e seus projetos, e juntos poderemos fazer mais pelo seu negócio!

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da AM Contabilidade Online.

Muito mais do que apenas o envio de impostos e o cumprimento das obrigações: conosco, além de você encontrar soluções para o seu negócio, também pode contar sempre com nossos especialistas para o que for relacionado à contabilidade enquanto propulsora do crescimento de seu negócio.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Falar com especialista agora!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Posts Relacionados

Screenshot 196 - AM Contabilidade Online

Vale a pena pedir um empréstimo para abrir uma empresa?

Você tem uma excelente ideia para empreender ou identificou uma oportunidade de negócio imperdível. Também tem coragem de se aventurar no mundo dos negócios, porque tem sangue de empreendedor correndo em suas veias. Tudo ok, mas e o capital para

Screenshot 187 - AM Contabilidade Online

Como abrir uma empresa em São Paulo?

Se você pensa em empreender na maior cidade da América Latina, precisará saber como abrir uma empresa em São Paulo. É a cidade mais populosa de todo o hemisfério sul, um gigante da economia e das finanças do Brasil e

Entenda A Importancia De Regularizar O Cnpj E Quais Os Passos Para Realizar Esse Procedimento Blog (1) - AM Contabilidade Online

Como regularizar CNPJ inapto?

Saiba o que você precisa para regularizar CNPJ inapto Evite problemas sérios, conheça a importância e os meios de realizar a regularização de seu CNPJ inapto O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, mais conhecido como CNPJ, é o documento mais

Screenshot 172 - AM Contabilidade Online

Você sabe como administrar uma pequena empresa?

Quem tem o empreendedorismo na veia sonha em abrir o seu próprio negócio. Isso significa a possibilidade de prosperar mais, de fazer o que se gosta e de não mais precisar prestar contas para um chefe ou para o patrão.

Screenshot 157 - AM Contabilidade Online

Como abrir uma empresa em Campo Grande (MS)?

Campo Grande é uma das cidades mais fáceis e baratas para abrir uma empresa. O empreendedorismo é estimulado pela prefeitura, que abre as portas para aqueles que ali querem investir. Mas a capital do Mato Grosso do Sul oferece muito

Recomendado só para você
Saiba aquilo de que é preciso para garantir o controle…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top